fbpx

Prioridades Financeiras: Saiba Como Priorizar Suas Dívidas

Tempo de leitura: 4 minutos

Priorizar suas dívidas financeiras é uma parte importante do planejamento financeiro. Isso ajuda a garantir que você está pagando seus débitos da melhor maneira possível e evita que você se torne inadimplente. 

Para te ajudar, reunimos algumas dicas que vão te ajudar a aprender como priorizar suas dívidas. Confira!

Conheça as suas dívidas

Antes de começar constituir as prioridades das conas inadimplentes, é importante entender, exatamente, o que você deve. E para quem. 

Para isso, faça uma lista de todas as suas dívidas, incluindo o valor total, a taxa de juros e o prazo de pagamento. Isso ajudará a te dar uma visão geral da situação financeira e a identificar quais dívidas são mais urgentes.

Considere as consequências de cada dívida

Algumas dívidas podem ter consequências mais graves do que outras se não forem pagas. Por exemplo, atrasar o pagamento de uma hipoteca pode resultar em uma execução hipotecária, enquanto atrasar uma conta de cartão de crédito atrasada pode resultar em juros adicionais e uma queda em sua pontuação de crédito.

Ao considerar as consequências de cada dívida, você entenderá quais delas priorizar e quais têm o maior impacto em sua saúde financeira em longo prazo.

Avalie as taxas de juros

Dívidas com taxas de juros mais altas podem custar mais dinheiro ao longo do tempo. Portanto, é importante priorizar essas dívidas para minimizar os juros adicionais que você terá que pagar. 

Considere transferir dívidas com taxas de juros mais altas para uma linha de crédito juros mais baixos, se possível.

Como priorizar suas dívidas?

Agora que você deve ter entendido a importância de priorizar suas dívidas, é hora de criar um plano para pagá-las. Aqui estão algumas estratégias que podem te ajudar a priorizar suas dívidas e criar um plano de pagamento eficaz.

Método da bola de neve

O método da bola de neve é uma estratégia popular para priorizar e pagar dívidas. Com ele, você prioriza suas dívidas com base no valor total devido, começando com a menor dívida e trabalhando em direção às maiores.

Ao pagar a menor dívida primeiro, você pode sentir um senso de realização e motivação, o que pode ajudar a seguir pagando as dívidas seguintes. 

À medida que cada débito é quitado, você pode usar o dinheiro da dívida recentemente paga para a próxima, criando uma “bola de neve” de pagamentos.

Método da bola de neve inversa

O método da bola de neve inversa é semelhante ao modelo que explicamos acima, mas em vez de priorizar as dívidas com base no valor total, você concentra sua atenção nas dívidas com base em suas respectivas taxa de juros. 

Comece, então, pagando as dívidas com as taxas de juros mais altas primeiro e trabalhe em direção às mais baixas.

Embora esse método possa não fornecer o mesmo senso de realização imediata que o método da bola de neve, ele pode economizar mais dinheiro em longo prazo, pois você estará pagando as dívidas com as taxas de juros mais altas primeiro.

Método da avalanche

A avalanche é método da bola de neve inversa também são parecidos. A diferença é que, em vez de priorizar as dívidas com base na taxa de juros, você avalia os débitos com base no valor total e também nos juros cobrados.

Comece pagando as dívidas com juros e valores mais elevados. Com isso, você consegue economizar mais dinheiro em longo prazo, pois as dívidas que mais pesam no seu bolso vão ser eliminadas com prioridade. No entanto, pode levar mais tempo para pagar a primeira dívida, o que pode ser desmotivador para algumas pessoas.

Dicas para pagar suas dívidas com sucesso

Aqui estão algumas dicas que podem ajudar você a pagar suas dívidas com sucesso e alcançar a liberdade financeira.

Crie um orçamento

Um orçamento é essencial para contribuir com o controle das despesas e garantir que você tenha dinheiro suficiente para pagar suas dívidas. 

Para isso, liste todas as despesas mensais e crie um plano para economizar dinheiro onde puder. Isso pode incluir cortar gastos desnecessários ou encontrar maneiras de economizar em contas como energia elétrica e telefone.

Negocie com seus credores

Se você está lutando para pagar as dívidas, pode ser útil entrar em contato com seus credores e negociar um plano de pagamento. 

Muitas vezes, eles estão dispostos a trabalhar com você para encontrar uma solução que funcione para ambas as partes.

Considere consolidar suas dívidas

Consolidar as dívidas pode ser uma opção se você tiver várias dívidas com taxas de juros altas. Isso envolve combinar todas as suas dívidas em uma única linha de crédito com uma taxa de juros mais baixa e, consequentemente, facilitar o gerenciamento de suas dívidas e economizar dinheiro em juros.

Conclusão

Priorizar suas dívidas é essencial para garantir que você esteja pagando as contas mais importantes, primeiro, evitando atrasos e juros adicionais.

Ao entender suas dívidas, considerar as consequências de cada uma e avaliar as taxas de juros, você pode criar um plano de pagamento eficaz.

Apenas lembre-se de que pagar dívidas pode levar tempo e esforço, mas com um bom planejamento financeiro e estratégias eficazes, você pode alcançar sua liberdade financeira e se livrar das dívidas.

A Acerto pode te ajudar a retomar o controle da sua vida financeira! Consulte seu CPF e comece a negociar suas dívidas com quem sempre está do seu lado. 

E aproveite para conferir mais artigos como este no Blog Acerto e, assim, manter sua saúde financeira em dia. Siga, também, a Acerto no Instagram para ficar por dentro de todas as novidades que impactam a sua vida financeira!

Esse artigo foi útil?
[Total: 2Média: 5]

Tags relacionadas

Leandro Jesus

Você pode gostar também